Truckvan

IMPRIMIR - +

TAMANHO DA FONTE

18/03/2020 • 02h24

QUEM ERRAR MENOS É QUE VAI GANHAR

Artigo extraído do LinkedIn de Alcides Braga, presidente da Truckvan

Texto original: LinkedIn Alcides Braga

Diante do caos que o Mundo está vivendo por causa do coronavírus, vale refletirmos sobre os cuidados que devemos ter em todos os sentidos e não só na área da Saúde para sobrevivermos durante essa loucura e voltarmos a viver em abundância após nos recuperarmos.

E, certamente, o principal deles é: CONTROLE EMOCIONAL.

Não adianta nos desesperarmos, entrarmos em pânico e agirmos de forma impulsiva.

Neste momento extremamente delicado, todos os setores já estão sendo e serão ainda mais impactados e, por isso, precisamos ter muita INTELIGÊNCIA EMOCIONAL, BOM SENSO, DISCERNIMENTO e SABEDORIA na nossa tomada de decisões.

Uma coisa é fato:

QUEM ERRAR MENOS É QUE VAI GANHAR, pois ninguém vai acertar.

Feita essa introdução, vamos pensar juntos em algo que pode fazer toda diferença?

Começo com um famoso provérbio chinês:

“Há três coisas na vida que nunca voltam atrás: a flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida”.

Você concorda?

Eu, sinceramente, tenho minhas dúvidas, pois creio que oportunidades nunca são perdidas, pois sempre alguém vai aproveitá-las e nós podemos construir novas possibilidades a cada momento.

A flecha lançada pode encontrar um alvo diferente do que você queria e abrir caminhos que você sequer imaginava.

Mas a PALAVRA PRONUNCIADA, essa sim, sempre traz consequências. E, assim como o TEMPO, ela não volta só porque você se arrependeu.

Estaremos sempre sujeitos a sermos afetados por fatores externos e inesperados, mas cabe a nós mantermos o equilíbrio e transmitirmos confiança, credibilidade e serenidade em nossas atitudes.

Para isso, é fundamental zelarmos e sermos extremamente cautelosos com a nossa COMUNICAÇÃO oral, escrita e até gestual.

Sabe aquele ditado “O PEIXE MORRE PELA BOCA”? Pois bem, essa premissa é ainda mais verdadeira nas Relações Interpessoais de todos os níveis.

Uma frase infeliz, um comentário fora de hora, uma brincadeira inadequada podem colocar tudo a perder.

Costumo citar algo que aprendi bastante em minhas experiências como vendedor: NÃO ALONGUE A CONVERSA.

O que isso quer dizer? Se a situação está encaixada, passe a régua e vá para o próximo negócio/cliente, sem ser descuidado ou insensível.

Um grande amigo meu usa o termo “ego-drive” para exemplificar vendedores que têm a capacidade de provar às pessoas que sua proposta é boa sem que, para isso, precisem confundir, distorcer ou induzir. Eles conseguem isso porque dedicam boa parte de seu tempo a estudar seus argumentos e processos e, é claro, também os de seus prospects e clientes.

E isso vale para a vida pessoal também. Às vezes, o papo dura demais e aí verte para outras coisas, e no final arrisca embolar tudo e complicar ao invés de ajudar ou fazer bem.

E aqui entra um adjetivo essencial e que, muitas vezes, é usado, equivocadamente, como sinônimo para eficaz. Temos que ser cada vez mais ASSERTIVOS no significado de categóricos, incisivos, seguros, demonstrando firmeza, convicção e caráter de certeza de que estamos sendo e oferecendo o nosso melhor para o outro, seja por meio de um produto ou serviço ou mesmo de uma relação de amizade e amor.

A VIDA é um eterno jogo de baralho. Você não sabe qual carta vai receber, mas para ganhar, tem que, muitas vezes, blefar e nunca pode revelar fraquezas nem se levar pela emoção. Vence quem fizer a leitura correta do que está acontecendo ao redor.

VEJA TAMBÉM

2016 © Truckvan

123eSite