Truckvan

Selo
IMPRIMIR - +

TAMANHO DA FONTE

15/05/2020 • 12h22

AO SAIR, DEIXE A PORTA ABERTA!

Artigo extraído do LinkedIn de Alcides Braga, presidente da Truckvan

Texto original: LinkedIn Alcides Braga

TODOS, absolutamente TODOS, foram pegos de surpresa com…..

Não vou citar para que este texto seja atemporal e válido para os demais momentos que vamos enfrentar. Afinal de contas, sempre acontece algo diferente. Quando não é crise política é recessão econômica ou algum fato inesperado que muda radicalmente os nossos planos ou tudo isso ao mesmo tempo.

Essas coisas fogem do nosso controle, mas cabe a nós decidirmos como lidar com essas situações adversas.

A verdade é que muitas vezes a gente fracassa mais pelo fato de nos preocuparmos em não demonstrar nossas vulnerabilidades e de não nos arriscarmos do que pelo problema em si.

Sabe como superamos tudo isso?

Lembrando, diariamente, que TUDO, independentemente de qualquer coisa, é feito por PESSOAS e para PESSOAS.

Quando compreendemos isso, nós valorizamos um elemento essencial para que nossas RELAÇÕES sejam bem-sucedidas: COMUNICAÇÃO.

Já reparou quantos conflitos acontecem em nossas vidas pessoais e profissionais por passarmos mais tempo SUPONDO e IMAGINANDO do que perguntando e esclarecendo diretamente com os demais envolvidos?

E aqui não é só a questão de “sofrer por antecedência”, mas de querer interpretar mais do que observar, o que acaba gerando equívocos e causando o distanciamento social e emocional que é tão prejudicial para todo o ecossistema.

Então como podemos mudar esse cenário?

Com surgimento de NOVOS LÍDERES.

E isso não depende do cargo, do status, da idade e muito menos de poder aquisitivo. Só depende da sua CONSCIÊNCIA COLETIVA, de ser genuinamente interessado pelo outro.

Um grande exemplo é Edu Lyra, da Gerando Falcões. Participei com ele de um Webinar no dia 6 de maio e ele falou uma frase que achei perfeita:

“Ninguém tem culpa de onde nasceu, mas todo mundo pode decidir o que fazer a partir do que se tem. Eu decidi que, apesar de eu não ter recurso do lado de fora, eu tinha recurso dentro de mim”.

E o que esse empreendedor social tem feito com o apoio de grandes empresas e seres humanos fantásticos é coisa de outro mundo (literalmente, de um novo mundo que está por vir, muito mais responsável e solidário).

Você não precisa ter passado vários perrengues ou ter uma incrível jornada de superação para ser um grande líder, você precisa mesmo é ter um desejo latente por TRANSFORMAÇÃO. Ter o famoso brilho nos olhos.

Já contei muitas vezes essa história, mas vale sempre recordar, pois me enche de orgulho. Quando fundamos a Truckvan, nós (Flavio e eu) só tínhamos duas premissas:

1)    Não morrer

2)    Chegar até amanhã

Não sabíamos nem o que era “business plan”.

A gente se fundou (em 1992) e se manteve pelo nosso SONHO, pois sem SONHO você não vai a lugar algum, e pelo nosso PROPÓSITO de ser uma empresa cativante, séria, que quisesse crescer e que fosse buscar inspiração e não confronto porque a gente não tinha tempo nem de ser milionário nem de ser gigante. A gente tinha que buscar ser diferente, ser inovador. E a gente fez isso um dia após o outro. Já estamos com 28 anos e a nossa motivação é a mesma dos primeiros dias. É claro que o vigor físico não, mas as vivências/experiências nos trouxeram sabedoria para recompensar de outras formas.

E posso te garantir que a melhor maneira de se encurtar caminhos é seguir este passo a passo:

– AO SAIR, DEIXE A PORTA ABERTA

– AO SAIR, SEJA LUZ

O que eu quero dizer com essas duas SINALIZAÇÕES?

Esteja sempre receptivo a ouvir a todos. Chefe fecha a porta da sala (e do coração) e não quer ser incomodado. Líder deixa a porta aberta e não quer acomodados.

Extraia o melhor de cada pessoa. Chefe quer ser o foco das atenções. Líder quer que o outro seja uma corrente de Luz e ilumine todo ambiente.

Vamos usar tudo que é imprevisível como legado positivo, como uma grande lição, um formidável aprendizado para construirmos um futuro melhor para todos.

Faz sentido? Se você sente o mesmo que eu, então faz!

Por fim, concluo este Artigo com a única certeza que eu tenho:

A ÚNICA ÁGUA QUE PAGA A CONTA É A DO SUOR E NÃO DA LÁGRIMA.

VEJA TAMBÉM

2016 © Truckvan

123eSite